Irã rejeita inspeções nucleares

Irã rejeita inspeções nucleares a menos que Israel também as permita

de ALEXANDER G. HIGGINS
escritor da Associated Press
Segunda feira, 05 de maio de 2008 4:22 PM ET

GENEBRA – Um enviado iraniano na segunda feira disse que seu governo não se submeterá a extensas inspeções nucleares enquanto Israel permaneça fora do tratado global para restringir a disseminação de armas atomicas.

“O existente padrão duplo não será mais tolerado pelos Estados não armas nucleares”, disse o embaixador Ali Asghar Soltanieh em um encontro de 190 países que tem assinado o Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares.

As salva guardas nucleares estão longe de serem universais, ele disse, acrescentando que mais de trinta países ainda estão sem um acordo de salvaguarda compreensiva com a Agência Internacional de Energia Atômica para assegurar completa cooperação com o corpo da ONU.

“Israel, com enormes atividades de armas nucleares, não tem concluido um tal acordo ou submetido suas instalações às salvaguardas da IAEA,” disse Soltanieh.

Israel, que não discute se tem armas atômicas, não assinou o Tratado de Não Proliferação, que exige que todos signatários exceto os maiores poderes se refreiem de obterem armas nucleares. A Índia e o Paquistão, que também não são signitários, possuem armas nucleares.

Iran assinou o Tratado e está sob sanções do Conselho de Segurança da ONU, o que significa que as pressões ao governo de Teerã para permitir inspeções que assegurem que não esteja desenvolvendo armas nucleares. O Irã insiste que seu programa nuclear é pacífico, com o único objetivo de usar reatores para gerar eletricidade.

Já em 19 de março de 2008, O Irã subiu muito na lista dos países visados pelos EUA. Isto foi dito publicamente por um auxiliar do Vice Presidente dos EUA Dick Cheney que realizou uma viagem visitando o Oriente Médio e a Turquia, quando retornou ao Iraqueno dia 17 de março.

Este eviado se referia não só as atividades iranianas no campo nuclear, mas também na fronteira com o Iraque. Ainda ressaltou a preocupação com a participaçao iraniana no Líbano e na Faixa de Gaza.

Há rumores que os militares americanos, Washington e fontes do Golfo que o Vice Presidente dos EUA Dick Cheney esteja novamente falando de possível ação militar americana para fechar o programa nuclear iraniano.

A viagem de Dick Cheney às capitais escolhidas desde dezembro [Oman, Arábia Saudita, Israel e Turquia] pode significar que os americanos precisem da cooperação dos quatro para montar um ataque militar ao Irã.

Oman hospeda as maiores baases aéreas americanas que estão no núcleo do escudo de defesa para o Estreito de Hormuz e para as unidades da marinha e força aérea americanas empregadas no Golfo Pérsico.

A Arábia Saudita é um formador de opinião no Golfo e no mundo árabe e é a chave para o endosso árabe para um ofensiva americana contra Teeerã. Mas ele ainda se opõe a uma tal ação.

Israel é a única nação regional voluntária para participar ativamente em um ataque aos sítios nucleares do Irã; seus militares estão fazendo planos de fazerem isto sozinhos.

Turqia é um elemento central em qualquer plano de guerra porque os aviões e misseis americanos que se ddirigem ao Irã terão que transitar pelo espaço aéreo da Turquia e decolar das bases em seu solo.

Anúncios
Published in: on maio 7, 2008 at 11:38 am  Deixe um comentário  
Tags: , ,

The URI to TrackBack this entry is: https://conspireassim.wordpress.com/2008/05/07/ira-rejeita-inspecoes-nucleares/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: