Irã inicia jogos de guerra

Irã inicia jogos de guerra
Front page / World
09/07/2008 07:17 Source: AP ©

Irã testou nesta quarta-feira mísseis de longo e médio alcance durante jogos de guerra que os oficiais dizem que são em resposta às ameças israelenses e americanas, relatou a televisão estatal.

O Gen. Hossein Salami, o comandante da força aérea da elite das Guardas Revolucionárias do Irã, foi citado como tendo dito que o exércicio demonstraria “a nossa resolução e poder contra inimigos que nas semanas recentes tem ameaçado o Irã com uma linguagem dura”.

Os jogos de guerra de quarta-feira foram realizados na boca do Estreito de Hormuz, um canal estratégico por onde passa 40% do petróleo do mundo.

A filmagem mostrou ao menos três mísseis disparados simultaneamente, e disse que a barragem incluia uma nova versão do míssel Shahab-3, que os oficiais tem dito ter um alcance de 1.250 milhas (2.000 quiilometros) e é armado com uma ogiva convencional de uma tonelada.O que colocaria Israel, a Turquia, a Península Arábica, Afeganistão e Paquistão dentro do alcance do míssel.

“Nossas mãos sempre estarão no gatilho e nossos mísseis sempre prontos para lançamento”, o oficial da agência de notícias IRNA citou Salami como tendo dito isso na quarta-feira.

Os testes vieram a menos de um dia depois que o Presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad descartou os temores que Israel e EUA possam estar se preparando para atacar seu país, chamando a possibilidade de ‘piada engraçada”.

“Eu lhe asseguro que não estaremos em qualquer guerra no futuro”, Ahmadinejad disse a uma conferência de notícias na quinta-feira durante uma visita aa Malaisia para um enontro dos nações muçulmanas em desenvolvimento.

Oficiais iranianos tem divulgado uma mistura de declarações conciliatória e belicosas nas recentes semanas sobre a possibilidade de um confronto com os EUA e Israel.

Um porta-voz da Casa Branca chamou os testes de quarta feira “completamente inconsistentes com as obrigações do Irã para com o mundo.”

“O regime iraniano apenas aprofunda o isolamento do povo iraniano da comunidade internacional quando ele se engaja neste tipo de atividade”, disse Gordon Johndroe, porta-voz do Conselho Nacional de Segurança.

“Eles também devem refrear os futuros testes de mísseis se eles realmente buscam ganhar a confiança do mundo”, ele acrescentou, falando do Japão, onde o Presidente George W. Bush está comparecendo a um encontro do G8.

Os militares israelenses enviaram aviões sobre o leste do mediterrâneo para um grande exércicio militar em junho que os oficiais americanos descreveram como um possível ensaio de um ataque as instalações nucleares iranianas, que o Ocidente teme estejam destinadas a produzirem armas atômicas.

Iran diz que seu programa nuclear é para gerar apenas eletricidade, não armas.

Por meses, Ahmadinejad e outros oficiais iranianos tem dito que eles não acreditam que os EUA atacarão por causa de suas dificuldades no Iraque, preocupações domésticas e preocupações sobre os efeitos colaterais adversos na região.

Ao mesmo tempo, Teerã tem dado seus avisos de retaliação se americanos – ou israelenses – o ataquem, incluindo ameaças de atingir Israel e bases americanas no Golfo e parar o tráfego do petróleo pela vital região do Golfo.

No último junho, Vice Almirante Kevin Cosgriff, que era então comandante da 5a. Frota da Marinha dos EUA, disse que qualquer tentativa do Irã de fechar o Estreito de Hormuz seria vista como um ato de guerra. A 5a. Frota dos EUA está baseada em Bahrain, atravessando o Golfo do Irã.

O exercício israelense foi amplamente interpretado como um show de força bem como a prática de talentos necessáriois para executar uma missão de ataque de longo alcance.

Shaul Mofaz, um Ministro do gabinete israelense, criou um tumulto internacional no mês passado ao dizer que Israel não teria outra escolha senão atacar o Irã se este não parasse seu programa nuclear. Mofaz é um antigo chefe militar e ministro de defesa, e tem sido o representante de Israel em um diálogo estratégico sobre o Irã com oficiais americanos.

Na quarta-feira, o porta-voz do governo israelense Mark Regev disse que Israel “não deseja hostilidade e conflito com o Irã”.

“Mas está claro que o programa nuclear iraniano e o programa de mísseis balísticos iranianos é uma questão de grave preocupação”, disse Regev.

A Guarda e o exército regular do Irã rotineiramente realizam exercícios duas a três vezes por ano.

Anúncios

The URI to TrackBack this entry is: https://conspireassim.wordpress.com/2008/07/11/ira-inicia-jogos-de-guerra/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: