Arma de Dispersão de Multidão

Como se Proteger da Arma de Dor da Raytheon

Não seja queimado!
de MANUEL GARCIA, Jr.

Em um artigo publicado em Counterpunch em 28 de maio, Michael Dickinson descreveu o aparelho de microondas para dispersão de multidões sendo produzido pela Corporação Raytheon. Quero oferecer algumas soluções e contramedidas. Primeiramente, permita-me fazer um a breve descrição deste aparelho.

Hoje estamos familiarizados com cozinhar com o microondas. Neste processo, a radiação eletromagnética com comprimentos de onda de alcance de milímitros a centímetros penetra na comida e causa o aquecimento de suas moléculas. Já que a maior parte dos alimentos contém água, é primariamente isto que é aquecido. Contudo, muitas moléculas com similares dimensões físicas no que diz respeito aos comprimentos de laços entre o núcleo atômico podem ser similarmente aquecidas. A física é a que se segue.

As moléculas são construídas por átomos individuais ligados a laços químicos em estruturas geométricas. A água é H2O, um átomo de oxigênio ligado a dois de hidrogênio, o arranjo sendo um V com um ângulo interno de apenas abaixo de 105 graus. A distância entre o núcleo é na ordem de um Angstrom, que é aproximadamente um sobre dez a décima potência do metro [ou aproximadamente 10 nanocentímetros]. Os átomos em cada extremidade do laço químico na molécula da água são diferentes [hetero polar] e assim há uma ligeira diferença na carga elétrica de uma extremidade do laço para a outra. Isto tem a ver com as intrinsicidades de como os elétrons [peso leve, partículas orbitantes negativamente carregadas] do núcleo atômico individual [relativamente maciço e positivamente carregado] agora orbita o núcleo da molécula, como uma estrutura composta. Este desequilíbrio de carga faria com que a molécula se movesse para se alinhar com o campo elétrico imposto. Se o campo elétrico alterna, então a molécula pode ser colocada em um movimento alternante, tal como rotação aproximadamente no ponto médio de um laço químico como se este fosse um link sólido; ou uma vibração como se o laço fosse um elástico. Isto é como os campos elétricos alternantes das microondas, com frequências de dezenas de centenas de giga-hertz (GHz; 1 Hertz = 1 ciclo por segundo), excita as moléculas. O movimento molecular é calor; é o movimento acelerado das moléculas em um corpo de material que é vivenciado como calor. As moléculas excitadas colidem mais rapidamente com seus vizinhos e as fronteiras que contém material, e este efeito tem efeitos macroscópicos que chamamos de pressão e calor.

Você pode notar que seu forno de microondas tem uma rede construída na janela da porta. Esta rede é um material condutor eletricamente (metal) que tem buracos menores do que o comprimento de onda das microondas que estão sendo produzidas. Porque os buracos são menores que o comprimento de ondas, a rede parecerá uma folha contínua de material condutor para as microondas dentro do forno [cavidade] e agem como um eficaz “plano de solo” ou escudo que corta o campo elétrico do microondas e evita sua escapada. O propósito dos buracos é que você posa ver dentro do forno enquanto ele está operando. Claramente, se os buracos são maiores que o comprimento de onda de qualquer radiação eletromagnética produzida no forno de microondas, então a porção menor do comprimento de ondas escapará. Assim a rede da porta é um importante aparelho de segurança e devemos esperar que uma tal rede similar seja embebida dentro das paredes do forno.

O aparelho de dispersão de mutidões é basicamente a irradiação de um ambiente de forno de microondas para uma locação remota. Será que a Raytheon apenas remove a rede de uma das parede e deixa as microondas vazarem? Isto é inefeciente demais. Ao invés, um arranjo elaborado chamado de “antena canalizadora de fase” é de uso. Uma antena canalizadora de fase é a combinaçãom de muitas antenas individuais [simples osciladores eletromagnéticos] em proximidade estreita, mas cada uma desencadeia de um tal modo que a emissão combinada da canalização tem uma propriedade como um raio. Se você pode imaginar várias crianças patinhando na superfície da água em uma banheira de um modo tal que o efeito acrescente-se em uma grande onda, em oposto a cada uma de suas pequenas ondas interferindo uma com as outras para pouco efeito, exceto para produzir uma espumosidade sem variação significativa do nível de água, então você entende o conceito. A matemática da produção de raios é implementada por circuitos elaborados energizando muitos pequenos nodos da antena [as crianças] e controlado – ou faseados – por computadores.

Por estes meios, o ambiente eletromagnético de um forno de microondas pode ser transmitido ou projetado a alguma distância. Este é o aparelho do ‘raio da dor” desenvolvido pelos militares americanos. Obviamente, o grau de desconforto e destruição que pode ter tem dependido da energia disponível. Um prático aparelho de dispersão de multidão exige meios razoáveis de transporte, então um caminhão ou “humvee.” Isto sugere que a fonte de energia para o aparelho é limitada ao motor do transportador [talvez dirigindo um gerador elétrico]. Dado a eficiência do processo e a magnitude do motor do transportador, então temos os meios de determinar o alcance efetivo do aparelho [onde também sabemos alguma densidade eficaz da energia no alvo]

Bem, como você faz para demover isto? A melhor proteção é a distância, apenas não esteja no alvo! Contudo, se alguém desejar se engajar em uma demonstração e estar protegido deste aparelho, a melhor proteção será seu próprio escudo magnético ou “caixa de Faraday.” Se você estiver dentro de uma Caixa de Faraday, onde as redes de abertura são pequenas em relação a incidente radiação, e com um fio terra que dirige a energia eletromagnética interceptada para longe de você, então você está seguro. Este remédio não é provável de ser conveniente, mas então, talvez talentos criativos possam encontrar refinamentos eficazes do conceito. Uma veste de armadura com correntes caindo de suas ancas para levar as correntes ao solo pode não ser a proteção ideal. Contudo, escudos plásticos com redes embebidas, até mesmo folhas de alumínio ou fibras de poliéster aluminizado [brilhantes sacos de lixo?] por trás dos quais os indivíduos possam permanecer [agachados?] podem permitir que as pessoas evitem o intento do aparelho. Uma vez uma pessoa entenda a física que é utilizada contra ela, ela pode ser capaz de encontrar materiais prontamente disponíveis para contramedidas eficazes; isto exige algum planejamento.

Dado que uma reunião popular possa planejar se proteger de um aparelho de raio de calor para dispersar multidão ao se armar com escudos protetores do comprimento corporal, roupas Faraday, podem também usar escudos refletores e ajustar a fase para que os raios retornem a fonte?

Isto nos traz a mente a história do raio de calor de Arquimedes, durante o cerco de Siracusa durante 214-212 AC. O historiador romano Lucan escreveu que durante o cerco da cidade de Roma, Arquimedes tinha os defensores de Siracusa alinhando seus escudos de bronze e cobre, que tinham sido altamente polidos, para refletir a luz do sol sobre os barcos atacantes, que queimaram em chamas. Experimentos modernos destinados a duplicar este efeito mostram que o efeito é mais provável com muitos refletores, ideais condições atmosféricas e a orientação de objetos em relação ao sol, e com materiais altamente combustíveis e coberturas nos alvos. Para uma falange de nossos escudos refletores e protetores de ação popular, Cavaleiros Faraday, o equivalente pode ser usar os lados concavos [talvez parabólicos] de seus escudos protetores e refletores [com fios terra e com manivelas insuladas para seus usuários] para redirecionar a incidente radiação microonda de volta a sua fonte, ou para algum outro lugar.

Com certeza, há que se entender que qualquer contramedida bem sucedida em relação aos aparelhos de raios para dispersão de multidão é garantia que impulsione as autoridades a escalar para medidas de controle mais letais. Para uma revolução continuada, este é simplesmente um outro nível de planejamento.

Anúncios
Published in: on julho 14, 2008 at 6:09 pm  Deixe um comentário  
Tags: , ,

The URI to TrackBack this entry is: https://conspireassim.wordpress.com/2008/07/14/arma-de-dispersao-de-multidao/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: