A Rússia e o Ocidente

Dezesseis Razões porque a Rússia não Deve Nunca Confiar no Ocidente

Stanislav Mishin

14.10.2008

1. O Ocidente saqueou a Rússia

Começando com a pressão sobre o regime de Yeltsin e com os oligarcas escolhidos a dedo e os burocratas como intermediários, tem sido estimado que o Ocidente tem rasgado tanto quanto 500 bilhões da Rússia, sob a forma de recursos, dinheiro, equipamento e tesouros de 1991 a 1999. Tudo de valor, fechado ou não por acordo, foi tomado. Inteiras cidades acordariam e descobririam que as várias fábricas manufatureiras que suportavam a economia delas estavam agora vazias de todo equipamento, que havia sido retirado amargamente de noite.

Por um mês inteiro, Vladivostok, o maior porto do Pacífico, uma cidade do tamanho de San Francisco, se encontrou sem eletricidade, na medida em que os burocratas chave tinha sido capazes de agarrar todo petróleo das anteriores companhias petrolíferas do governo, recentemente privatizadas sem qualquer regulamentação, e enviado isto para o exterior para o Japão e outros países. Isto de fato deixou as usinas elétricas locais e as refinarias vazias.

Os EUA, o Banco Mundial e o FMI amaram dar a Yeltsin e a sua turma “empréstimos” que frequentemente corriam em multi-bilhões e eram de fato custeados por seus próprios contribuintes que foram igualmente saqueados. Depois de tomarem sua parte dos empréstimos, os mais 90% que permaneceram foram refunilados para fora da Rússia e de volta para os EUA onde eles foram muito rapidamente lavados. O Banco de New York entrou neste esquema, movimentando mais de 6 bilhões em empréstimos do FMI e outros dinheiros da Rússia. Depois de uma profunda investigação congressional, os ladrões no Congresso dos EUA deram a eles uma bofetada por seu ‘erro’ de contabilidade.

A despeito de tudo isto, a Rússia tem se provado ressurgente e tem substituido o equipamento e indústrias roubadas, para se tornar no presente dia a 6a. maior economia, uma que oferece ultrapassar a França e a Bretanha neste ano ou no próximo.

2. O Ocidente apoiou Yeltsin quando ele massacrou o Parlamento

O Parlamento Russo, que em 1991 permaneceu contra a linha dura do golpe comunista contra Gorbachev, e com quem o próprio Yeltsin tinha se alinhado e sem cujo apoio ele nunca teria se tornado presidente, do que ousou permanecer em 1993 contra os projetos do Ocidente para os recursos russos. O parlamento se apressou a votar contra a terapia de choque de Yeltsin, a terapia que era destinada a colocar todos os recusos russos nas mãos de uns poucos dos homens mais corruptos no mundo e seus apoiadores ocidentais [tais como o vendedor de carros… que como um bilionário agora está no exílio na Bretanha. Um assassino que faz barulhos constantes de levantar um golpe na Rússia. Um homem que financiou a Jihad islâmica na Chechênia… nenhum outro do que o querido o Ocidente: Berezovsky).

Esta ato de inssurreição do Parlamento resultou na ordem do regime de Clinton para sua marionete Yeltsin “fazer algo sobre isto”. Yeltsin fez. Ele ordenou que os tanques cercassem o prédio e abrissem fogo, resultando em mais de 500 mortes. Na semana seguinte, A Vaca da Guerra Albright chegou para beija-lo e abraça-lo  e o declarar um Grande Democrata. Devemos supor que pelos padrões o O cidente ele seja, especialmente quando se vê como o Ocidente trata seus próprios dissidentes e as demonstrações desses. (Seattle, Los Angeles, Washington DC todos me vem a mente).

3. O Ocidente apoiou os Chechenos e outros elementos separatistas

Vários anos antes até mesmo da Guerra da Chechênia começar, o Ocidente, particularmente a CIA, começou o custeio em massa dos chechenos e outros grupos islâmicos pela Rússia, em um esforço para criar a instabilidade e posteriormente quebrar a Rússia.  Muito disto tem sido nascido do testemunho de antigos ministros turcos, como foi documentado em entrevistas diretas no programa russo “Plan Caucus”. Os chechenos contrabandeariam diamantes para ajudar a custear as operações deles, enquanto a OTAN e a CIA criavam campos de treinamento na Turquia, com plena participação turca. Os ministros até mesmo admitiram o encontro de Bin Laden com seus manipuladores da CIA em 1993, bem no início da primeira Guerra da Chechênia.

De fato os sauditas e outros regimes islâmicos também estavam envolvidos. Muitos filmes foram feitos de soldados russos e civis e usados como videos de treinamento e recrutamento pelos islâmicos ao redor do mundo. Isto foi até mesmo o caso do massacre na escola de Beslan e foi regular nas guerras dos Balcãs contra os sérvios cristãos, croatas e macedonios… todos com a permissão de Washington ou abençoada e forçada ignorância.

Com certeza os EUA/Bruxelas visavam não apenas a desestabilização do Cáucaso e um dos maiores trânsitos de petróleo russo, não era isto apenas seu objetivo comprar a boa vontade islâmica ao trair Cristo e os cristãos [uma corda muito forte em toda política moderna ocidental é o ódio à antiga cristandade]; a meta completa era o total desmembramento da Rússia e a drenagem de seus recursos e poder cerebral a um ponto que fosse inalcançável até mesmo para a marionete Yeltsin e suas traidoras elites no poder.

Então o dinheiro que foi lavado da Rússia pelos bancos ocidentais, exatamente quão frequentemente concluir para financiar os Jihadistas islâmicos e outros grupos rebeldes menores bem como estando em alguma conta bancária de oligarcas ou políticos ocidentais.

Como Madame Halfbright..er Albright uma vez disse sobre a Rússia: “A Sibéria tem recursos demais para apenas uma nação [Russia] manter”. Esta de fato foi a mesma mulher, a mesma Secretária de Estado, que foi citada dizendo: “porque ter um militar se você não pode usa-lo?” Para este fim, os EUA mais uma vez tentaram forjar uma República da Sibéria, até mesmo indo tão longe quanto a impressão de uma moeda diferente, que felizmente nunca viu a luz do dia e ainda está na Suíça. Um país gigantesco como este, com apenas 20 milhões de pessoas, teria sido forçado a buscar a proteção de DC [e absoluta e devastadora exploração] ou enfrentar a anexação chinesa. Novamente, graças a Cristo, este plano foi de vida curta e o nacionalismo russo mais uma vez ganhou o dia.

4. O Ocidente expandiu uma aliança para incluir todo o pacto de Varsóvia e partes da Antiga União Soviética.

O Ocidente deu a Gorbachev uma promessa: deixe a Alemanha Oriental e o Leste Europeu e nos permita reunificar os alemães e a OTAN não se moverá para o Ocidente. Isto durou por todos os dois anos e a marcha por um anacronismo que deve ter sido dissolvido pouco depois do Pacto de Varsóvia, tem sido a melhor parte em 15 anos. A OTAN agora tem lutado três guerras de agresssão: bombardeio dos sérvios na Bósnia, bombardeio da Iugoslávia e agora mirou o Afeganistão. A OTAN posteriormente tentou absorver a Ucrânia e a Georgia, depois que as revoluções dos EUA/Comunidade Européia instalaram marxistas apropriadamente de acordo e até mesmo abordaram o Azerbaijão, uma ditadura islâmica [realmente uma monarquia] para afiliação.

Certamente se o Ocidente apoiasse o golpe islâmico no UZBESQUISTÃO que aconteceu em 2003, a OTAN também teria os convidado.

Porque a Rússia deveria confiar em uma militância armada de ateus sem cristo e seus capangas islâmicos?
5. O Ocidente bombardeou o mais íntimo aliado da Rússia, a Sérvia.

Em claro apoio da Jihad islâmica na Bósnia e na província sérvia do Kosovo [e mais tarde sem bombas mas com dinheiro na Macedonia) o Ocidente tem atacado o mais íntimo aliado da Rússia enquanto fazia tudo que pudesse para expandir a presença de Jihadistas islâmicos nos Balcãs. Em pura linguagem hipócrita, ele chama as guerras que tem causado e os Estados Jihadistas que eles criaram: “trazer estabilidade a região”.

O comandante da OTAN, Wesley “conquistador” Clark até mesmo ameaçou afundar os navios neutros russos, chineses, indianos e ucranianos e cacarejou que se eles não gostassem disso, ele estaria em Moscou em trinta dias. Eu estou assumindo que ele quis dizer que depois de uma divertida caminhada de bicicleta lá, já que a OTAN pode perguntar a seus avôs quão bem eles estiveram no tempo passado… aqueles que tem avôs.

6. O Ocidente apoiou cada Jihad destinada aos cristãos ortodoxos.

O Ocidente tem se prostituido tão claramente ao Islã pelos passados 17 anos que até mesmo muito disto é menos do que livre e se manteve no escuro mas que as pessoas tem começado a perceber. Assim o padrão é estabelecido: se o Ocidente [particularmente a esfera anglo dos EUA e Reino Unido] vai a guerra com os muçulmanos sobre tudo [geralmente idealismo e recursos] para que eles possam então atacar e sacrificar algum grupo cristão menor. Vários exemplos tem sido: os armenios ortodoxos e os assírios ortodoxos e os gregos iotolanos ortodoxos na Turquia; os gregos cipriotas ortodoxos na Turquia; os gregos cipriotas ortodoxos em Chipre; os Bósnios e Sérvios e Macedônios; os coptas ortodoxos no Egito; os ortodoxos e metodistas no sul do Sudão; os iraquianos ortodoxos e católicos; os libaneses católicos; os palestinos ortodoxos e os cristãos católicos e vários outros grupos menores ao redor do mundo.

Afinal, alguns sacrifícios devem ser feitos pela Nova Ordem Anglo-Ocidental e que melhor quer ser livrar dos então incômodos cristãos?

7. O Ocidente derrubou os aliados da Rússia e criou regimes socialistas marionetes.

Não há baixeza na qual o Ocidente não tenha afundado, cultivando em uma “precipitada” revolução de cores. Os que tiveram sucesso foram na Ucrânia, Georgia, Sérvia [embora o primeiro ministro terminasse sangrando depois de uns poucos tiros], Quirguistão [onde o novo governo ainda era pró Russia mas os islâmicos foram capazes de ganhar muito poder no sul do pequeno país… e centenas morreram no combate] e a Moldovia [embora na Moldovia foi bem sucedido em tornar os comunistas marionetes e os aliados de DC/Bruxelas em troca de cancelar a revolução “espontanea” ).

As vitórias ocidentais na Ucrânia [ onde até mesmo Una-Unsa, o partido nazista local, foi patrocinado com o dinheiro dos contribuintes americanos] era para rasgar o país afastando-o da Rússia, contra a vontade da maioria de seu povo. Um outro sub-produto dos socialistas laranjas e trotkistas que o Ocidente trouxe e colocou no poder, foi um retorno total de mercados controlados, estabelecimento do preço de mercado pelo governo e uma economia completamente arruinada. No primeiro ano o crescimento caiu 13% [antes dos socialistas de DC/Bruxelas] a menos de 3%. De fato o roubo do gás natural subiu às alturas.

Na Georgia, o advogado americano treinado Saakashvili tinha feito seu caminho para se aproximar da media independente, matar oponentes políticos [para incluir seu própro primeiro ministro e o segundo] e espancar manifestantes, mas desde que ele apoia a expansão da OTAN e dá conforto aos Jihadistas islâmicos se dirigindo para a Rússia, ele está correto para o Ocidente.

Os fracassados estavam no Uzbequistão [onde o Ocidente contratou radicais islâmicos do Paquistão e do Afeganistão para derrubar o ditador secular Islam Karimov]. Felizmente para Karimov, ele tinha muito menos escrúpulos sobre usar a violência do que na Ucrânia e na Geórgia e que o Ocidente comprou a Revolução Jihad morta em sangue e aço do exército. De fato isto custa aos EUA um aliado nominal e ganha para Rússia um aliado absoluto e custa a OTAN uma base aérea.

A revolução de cor da Armenia também fracassou, mas ao custo da vida de centenas nos combates de rua. Belarus foi esperto o suficiente para cortar imediatamente sua revolução de cor.

A tentada revolução de cor na Rússia nunca começou, não importa quanto dinheiro os EUA e a União Européia colocassem  em uma Outra Rússia e seu principal partido o Partido Nacional dos Trabalhadores Bolchevistas , isto é, nazistas. Falando simplesmente, os russos tem longas memórias e ainda sentem a dor do saque ocidental na década de 1990. Não, obrigada.

8. O Ocidente apoiou ativamente os candidatos vendidos na Rússia com ajuda financeira dada ilegalmente e treinamento revolucionário.

Com os liberais na Rúsia um não iniciante, vendo como Yabloko ainda não pode vir com qualquer idéia nova que não tenha sido tentada na década de 1990 e ainda não denunciará os oligarcas que saquearam a Rússia e eram seus membros de partido e os oligarcas mais radicais no exílio [a maioria na Bretanha] o Ocidente descobriu um outro cavalo vendido onde apostar: uma Outra Rússia.

o Líder da Outra Rússia era Gary Kasparov, um antigo campeão de xadrez que é também um residente de New Jersey. Ele é famoso por dar entrevistas fora da Rússia, declarando quão estúpidos e desprezíveis são os russos. Seu apoio dentro do país dificilmente passe de 2%. Então houve seu parceiro e chefe da União Democrática Popular, o líder Mikhail Kasyanov (que foi apelidado “Misha 2%” por causa da comissão que ele recebeu cedendo bens do Estado russo para oligarcas e negócios ocidentais a preços de queima de estoque] e finalmente a maioria do partido [sim, há outros menores e tão corruptos vendidos além destes três palhaços, mas eles não valem a pena mencionar] Eduard Limonov (um criminoso, que queria ser um revolucionário, dito homossexual), líder do Partido Nacional dos Trabalhadores Bolchevistas , isto é, nazistas.

Sim o dinheiro dos contribuintes americanos e da União Européia foram para apoiar esta escória, em um esforço de mais um a vez vender a Rússia rio abaixo. Glória a Deus do povo ter sido mais sábio.

9. O Ocidente financiou o Partido Nacional dos Trabalhadores Bolchevistas , isto é, nazista na Rússia

Isto é certo, a Casa da Liberdade [um a fachada do governo americano] dá dinheiro para a Outra Rússia. Prim eiramente, esta ação é tão ilegal na Rússia quanto os chineses pagarem aos democratas sob Clinton ou os árabes ao Republicanos sob Bush I e II. Mas sendo hipócritas não é algo que faça Washington DC perder o sono.

Sobretudo, Kasparov, seu antigo candidato principal e residente em New Jersey e seu partido pessoal foram e são um partido minoritário na Outra Rússia. A maioria está no Partido Nacional dos Trabalhadores Bolchevistas , isto é, nazistas de  Limonov… e a única diferença é, vai a suástica e vem a fioce o martelo. Sim senhores, os amantes americanos da liberdade, seus dólares de contribuintes apoiam o Partido Nazista russo, exatamente com o eles apoiam o membro ovelha negra da Coalisão Laranja Ucraniana dos Trotkistas: Una-Unsa, o Partido Nazista Ucraniano. Tenho certeza que seus avôs que combateram Hitler estão tão orgulhosos de vocês por apoiarem tudo isto. Certo? Certo?

10. O Ocidente rompeu seus acordos militares tão logo eles se tornaram inconvenientes.

11. O Ocidente impediu a Rússia de bobardear o Talibã e deu ao Talibã dinheiro.. isto foi até que o Talibã ajudasse a atacar o Ocidente.

Quais foram as primeiras ações de George Bush? Para continuar o legado de Clinton de apoiar o Talibã contra a Rússia, a Aliança do Norte foi apoiada contra os russos,  iranianos, hindus e Kazaks. Os americanos queriam um oleoduto e para este fim eles precisavam de estabilidade  a despeito de que radicais ou fanáticos eles colocassem no trono. A despeito do fluxo de drogas [e incidentalm ente, desde que os EUA invadiram  o Afeganistão todos os records na produção do ópio tem sido quebrados … agora isto é progresso].

Bush usou a ONU e a OTAN para impedir que Putin bombardeasse o Talibã. Ele então acompanhou seu primeiro ato com uma doação de 48 mihões de dólares ao Talibã em maio de 2001. Quer dizer que isto não veio de seu próprio bolso?

12. O Ocidente aceitou a ajuda Russa na Organização Mundial de Comércio, na Asia Central e na costumeira gratidão ocidental, tentou expulsar a Rússia da área.

A Rússia foi a prim eira a chamar a América e oferecer ajuda. A Rússia também igualm ente tem sido a primeira e a única [a incluir a América] a colocar um monumento para as vítimas de 11 de setembro em solo americano. A Rússia abriu caminho pelo Afeganistão, permintindo as bases americanas e da OTAN na Ásia Central. Esta ajuda de fato foi tom ada e então usada para tentar expulsar a RÚSSIA da Ásia Central na intenção de cerca-la e dividi-la para neutraliza-la. Não há qualquer amor cristão aqui,som ente a direção de possuir e controlar tudo.

Glória a Cristo, que estas tentativas foram principalmente esragadas e resultaram em tiros pela culatra. Mas o dano a verdade foi finalmente fatal e as elites russas não tem mais qualquer ilusão sobre com o que eles estão lidando. Quando vier om próximo presidente, e a despeito de quem seja ele, e isto continua, haverá um prego final em algum tipo de fora de alcance e verdade.

13. O Ocidente está colocando silos interceptadores de mísseis que podem facilmente manter misseis nucleares balísticos de curto alcance diretamene na porta da Rússia.

Há alguém que possa imaginar que os generais russos começassem a ameaçar a colocar bombardeiros de volta em Cuba? Quando os EUA agora podem atin gir a Rússia [Moscou] em menos de cinco minutos e tem provado sem preocupação sobre matar civis cristãos ortodoxos, a despeito do fingimentos de não matar civis. Sejam os in dígeas nos EUA, os sulistas na Confederação, os filipinos na antiga colônia, os alemães e japoneses em suas cidades, os sérvios em suas cidades e similares, os civis tem sido alvos por mais de 200 anos.

Muito certamente, os generais russos estão preocupados.

14. O Ocidente tentou e fracassou em controlar os recursos chave do petróleo russo e em vingança tem movido uma guerra de propaganda incessante contra a Rússia por sete anos.

Uma palavra: Khodorkovsky e o inteiro caso sórdido com a Exxon comprando ilegalmente (ou tentado fazer isto] os principais campos de petróleo da Rússia.

15. O Ocidente dá asilo regular aos Jihadistas islâmicos procurados pela Rússia e os criminosos russos e oligarcas criminosos enquanto exge que a Rússia entregue seus cidadãos sob acusações [a extradição é ilegal sob a Constituição russa…não que as leis tenham importância para o Ocidente]

Entre várias pequenas pessoas desvantajosas da Jihad Islâmica, a Edição    Chechena,  que tem obtido e recebido santuário na UAE protegida pelo Ocidente ou Qatar ou Arábia Saudita [lar da JIHAD] há grandes pessoas que tem recebido isto diretamente nos EUA e Reino Unido.

Com certeza os três maiores são Ilyas Akhmadov, a peça porta-voz [agora morto] dos senhores de guerra da Jihad islâmica Maskhadov e Basayev, que obtiveram proteção nos EUA e agora é um contribuinte regular para o Comitê Pró-jihadista americano para paz na Chechênia (ACPC). O liderança da ACPC é como um quem é quem do poder Neocom. Isto está correto, “conosco ou com as multidões terroristas” se prostituem fora para os islâmicos constantemente, tão longo seus russos, sérvios, hindus e outros estão morrendo. Eles até mesmo  se prostituem para o que é mais precioso para eles: Israel, ao constantemente empurrar uma Mapa para a Estrada da Paz [isto é, Suicídio Nacional] ou outro.

O Reino Unido tem também dado santuário a jihadista islâmico checheno e contrabandista de materiais nucleares Ahmed Zakaev (sócio de negócios do agora morto encoberto islâmico Alexander Litvinenko) e o patrocinador da Jihad Chechena e antigo oligarca russo Boris Berezovsky.

16. O Ocidente despreza o patriotismo russo e a cristandade e trabalha duro para esmagar ambos.

Da constante imprensa negativa [parece a regra do polegar on de há três negativas para um positivo] que empurra para corromper os valores ocidentais, o massacre da guerra cultura nunca tem fim. Esteja isto bloqueando os canais russos pelo cabo ocidental para empurrar os sodomitas ocidentais para dirigirem paradas ofensivas tão possíveiws pelas ruas das cidades russas para um infindável apoio ocidental Dhimmi e torcendo pelo islã na Rússia, o assalto nunca descansa.

Qualquer movimento radical ou evento é explodido de toda proporção e ecoado sem fim em todos os noticiários, e os desenvolvimentos positivos [se forem relatados] são mostrados como eventos fortuitos da natureza ou os resultados dos russos fazendo algo de duas caras para obter isto.

A guerra do Ocidente contra a Rússia nunca fez uma pausa r não pode mais ser considerada um a guerra contra a União Soviética. Muitos dos principais proponentes tem aparecido e claramente se mostrado como russofóbicos que eles são… para o aplauso das elites ocidentais em geral.

Porque eles nos odeiam? Porque nos temem, porque eles temem que permaneçamos no caminho de seus sonnhos da utopia marxista trotkista. O reavivamento religioso e cultural russo não é apenas uma ameaça para as elites da Rússia mas um a ameaça ao controle deles da inteira Europa Oriental, especialmente os países ortodoxos. Deus priba que isto possa dar aos alemães ou franceses as idéias de que suas culturas não devam ser subvertidas pelo modo anglo-saxônico e a cultura corporativa neutra de não cultura. Deus proiba que estes mesmos alemães ou franceses possam ter a idéia do que eles tem é digno de lutar por.

E Deus proiba que a Rússia possa mais uma vez  tomar seu papel histórico como defesora da cristandade ortoxa na Europa e da cristandade em geral entre os muçulmanos. Os proprietários de muitas das almas da elite ocidental não deverão estar felizes. A luz da verdade envergnha o Diabo e as almas que ele possui.

Anúncios
Published in: on outubro 24, 2008 at 1:49 pm  Deixe um comentário  
Tags: ,

The URI to TrackBack this entry is: https://conspireassim.wordpress.com/2008/10/24/a-russia-e-o-ocidente/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: