Guerra ao Terror

A Guerra ao Terror é uma Farsa.

Paul Craig Roberts
Infowars

4 de fevereiro de 2009

Segundo a propaganda do governo americano, as células terroristas estão espalhadas por toda a América, tornando necessário ao governo espionar todos os americanos e violar as máximas proteções constitucionais. Entre as últimas palavras do presidente Bush, quando ele deixou o mandato, estava o aviso de que a América deve ser logo atacada novamente por terroristas islâmicos.

Hamas – Hamas é uma organização terrorista no mesmo sentido em que o governo israelense e o governo americano são organizações terrorisstas.

Se a América estivesse infestada de terroristas, nós não precisaríamos que o governo nos dissesse. Deveríamos saber isso de eventos. Se não há eventos, os avisos substitutos do governo americano para nos manter vivos e o medo que causa ao público visando aceitar guerras sem sentido, a infração da liberdade civil, os cartões nacionais de identidade, e as incoveniências e perseguições quando eles voam. A indicação mais óbvia de que não há células terroristas é que nem um único neoconservador tem sido assassinado.

Eu não aprovo assassinatos e estou envergonhado do governo de meu país por ele se engajar em assassinato político. Os EUA e Israel tem dado um mau exemplo para a al Qaeda seguir.

Os EUA lidam com a al Qaeda e com o Talibã assassinando os líderes deles, e Israel com o Hamas fazendo a mesma coisa. É razoável assumir que a al Qaeda lidaria com os instigadores e os líderes das guerras da América no Oriente Médio da mesma forma.

Hoje todo membro da al Qaeda está ciente da cumplicidade dos neoconservadores na morte e na devastação inflingida aos muçulmanos no Iraque, Afeganistão, Líbano e Gaza. Sobretudo, os neoconservadores são altamente visíveis e são alvos fáceis se comparados aos líderes do Hamas e do Hezbollah. Os neoconservadores tem sido identificados na media por anos, e como todo mundo sabe, listas múltiplas de seus nomes estão disponíveis online.

Os neoconservadores não tem proteção do Serviço Secreto. Pavoroso de se contemplar, mas seria uma brincadeira de crianças para a al Qaeada assassinar qualquer um ou todos neoconservadores. Ainda que os neoconservadores se movam por ai livremente, uma boa indicação de que os EUA não tem um problema terrorista.

Se, como constantemente alegam os neoconservadores, os terroristas podem contrabandear armas nucleares ou bombas sujas para dentro dos EUA com as quais criar o tumulto em nossas cidades, os terroristas podem adquirir armas com as quais assassinar qualquer neoconservador ou antigo funcionário do governo.

Ainda que, os neoconservadores, que são os americanos mais odiados pelos muçulmanos, permaneçam intocados.

A “guerra ao terror” é uma farsa que tem como frente o controle americano dos oleodutos, os lucros do complexo de segurança-militar, o assalto às liberdades civis para os fomentadores de um Estado Policial, e a expansão territorial de Israel.

Não existia al Qaeada no Iraque até que os americanos a levassem para lá quando invadiram e derrubaram Saddam Hussein, que mantinha a al Qaeda fora do Iraque. O Talibã não é uma organização terrorista, mas um movimento que tenta unificar o Afeganistão sob a lei muçulmana. Os únicos americanos ameaçados pelo Talibã são os americanos que Bush enviou para matar o Talibã e impor um Estado fantoche ao povo afegão.

Hamas é o governo democraticamente eleito da Palestina, ou do pouco que resta da Palestina depois das anexações ilegais de Israel. Hamas é uma organização terrorista no mesmo sentido que o governo israelense e o governo americano são organizações terroristas. Em um esforço para trazer o Hamas sob a hegemonia de Israel, Israel emprega o bombardeio de terror e os assassinatos contra os palestinos. Hamas responde ao terror de Israel com foguetes ineficazes feitos em casa.

Hezbollah representa os shiitas do sul do Líbano, uma outra área no Oriente Médio onde Israel busca expansão territorial.

Os EUA é que apelidam o Hasmas e o Hezbolah de “organizações terroristas” apenas porque os EUA estão do lado de Israel neste conflito. Não há base objetiva para o Departamento de Estado americano “achar” que o Hamas e o Hezbollah são organizações terroristas. Isto é meramente uma declaração de propaganda.

Os americanos e os israelenses não chamam seus bombardeios de terror aos civis. O que os americanos e os israelenses chamam de terror é a resposta do povo oprimido que está imóvel por causa de seus países serem governados por fantoches leais aos opressores. Estes povos, despossuídos de seus próprios países, não tem Departamentos de Defesa, Departamentos de Estados, cadeiras na ONU, ou vozes na imprensa principal. Eles podem se submeter a hegemonia estrangeira ou resistir em áreas limitadas disponíveis a eles.

O fato de que os EUA e Israel realizem uma propaganda infindável para evitar que esta verdade fundamental seja entendida, indica que são Israel e os EUA que estão errados e os palestinos, libaneses, iraquianos e afegãos que estão sendo prejudicados.

Os generais aposentados americanos que servem como propagandistas da guerra para a Fox News estão sempre afirmando que o Irã arma os insurgentes iraquianos e afegãos e ao Hamas. Mas onde estão as armas? Para lidar com os tanques americanos, os insurgentes tem que construir aparelhos explosivos feitos em casa de restos de partes de artilharia. Depois de seis anos de conflito os insurgentes ainda não tem armas contra as metralhadoras dos helicópteros americanos. Contraste este “armamento” com o armamento fornecido aos afegãos pelos americanos a três décadas atrás, quando eles estavam lutando para expulsar os soviéticos.

Os filmes do assalto assassino de Israel a Gaza mostram grandes números de habitantes de Gaza fugindo das bombas israelenses ou desenterrando os mortos e feridos, e nenhuma destas pessoas está armada. Uma pessoa pensaria que por agora cada palestino deveria estar armado, cada homem, mulher e criança. Ainda que todos os filmes do ataque israelense mostrem uma população desarmada. O Hamas tem que construir foguetes feitos em casa que são pouco mais do que um sinal de desafio. Se o Hamas estivesse armado pelo Irã, o assalto israelense em Gaza teria custado a Israel seus helicóipteros com metralhadoras, seus tanques e centenas de vidas de seus soldados.

Hamas é uma pequena organização armada de rifles de pequeno calibre incapaz de penetrar os blindados e armaduras. O Hamas é incapaz de deter pequenos bandos de assentadores israelenses quando eles descerem sobre as vilas palestinas do Banco Ocidental, expulsando os palestinos e se apropriando de sua terra.

O grande mistério é: porque depois de sessenta anos de opressão os palestinos ainda estão desarmados? Claramente, os países muçulmanos estão em cumplicidade com Israel e os EUA para manterem os palestinos desarmados.

A asserção sem suporte que o Irã forneça armas sofisticadas aos palestinos é como a asserção não apoiada que Saddam Hussein tinha armas de destruição em massa. Estas asserções são justificativas propagandisticas para matar civis árabes e destruir a infraestrutura civil árabe para asegurar que os EUA e Israel mentenham sua hegemonia no Oriente Médio.

Anúncios
Published in: on fevereiro 6, 2009 at 3:30 pm  Comments (3)  
Tags: , , , , ,

The URI to TrackBack this entry is: https://conspireassim.wordpress.com/2009/02/06/guerra-ao-terror/trackback/

RSS feed for comments on this post.

3 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Mais uma excelente tradução.
    Seria interessante a colocação de videos, para “ilustrar” melhor os textos. Ficaí a dica.
    Obrigado e Parabéns.

    • A miha dificuldade com vídeos, e eles existem em grande quantidade, é que a maioria é em lingua inglesa e torna-se para mim muito dificil traduzir, porque não sei legendar.

  2. nao e uma farça vcs todos vau paga por essas calunia
    ass,. ooooooo


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: